Reveillon 2005

Nada melhor que se despedir de 2005 em um clima cosmopolita. Esta foto foi no último dia de 2005. Nada demais falar um pouco sobre como eu soube do Epcot pela primeira vez. Foi em 1980, num programa de TV. Mostrava a maquete do que seria o Epcot. Até ali, não entendia muito bem o que era um parque de diversões. Ainda mais um parque que reproduziria a atmosfera de alguns países, que teria uma atmosfera futurista, um parque que naquele momento já tratava de algo que hoje parece modismo: “sustentabilidade”. Toda a água da chuva, que cai sobre a grande esfera é reutilizada. A esfera tem a proporção de uma bola de golf para um campo de sei lá quantos buracos, do tamanho dos Estados Unidos. Simbólico. Na faculdade de arquitetura aprendemos a ver a arquitetura de muitas formas. Um livro que foge um pouco da atmosfera que digamos assim impera nas faculdades de arquitetura é “Aprendendo com Las Vegas”, de Robert Venturi.

Vinte anos depois daquelas primeiras imagens, pisei lá pela primeira vez. Já conhecia Las Vegas, boa parte da Califórnia e um bocado da Flórida. Mas esta vez que estive lá foi especial. Passar a virada do ano de 2005 para 2006. Nada melhor que Epcot para isso. Poderia estar um pouco mais vazio, mas foi bem divertido...

Comentários

Postagens mais visitadas