Cidade Negra

Conheci a banda em 1991, com uma música cujo refrão até hoje parece tão atual:

“(...) Ei, ei, estamos aí (pro que der e vier)
A fim de saber a verdadeira verdade(...)”


Falar a Verdade – Cidade Negra (1990)

Não vou aqui fazer apresentações da banda e etc. É uma banda bastante popular, cujo líder é bastante conhecido da mídia. O que mais interessa expressar aqui sobre eles é exatamente sobre a mídia. Iniciam sua carreira com um clip na MTV e falam que são contra a mídia. A banda ficou mais suave com a entrada de Toni Garrido nos vocais. Parece mais um daqueles discursos que fogem da realidade. Uma fuga do que diz a letra acima. O som deles é competente para uma banda de reggae. E teve produção em algum de seus álbuns de Liminha, consagrado produtor, tendo em seu currículo Titãs e Paralamas. O grupo tinha tudo para despontar como despontou. Não é nenhum “fenômeno”, mas sim uma banda competente que chegou ao estrelato com um som mais pop que o de início de carreira, porém sempre estiveram presentes os temas de cunho social em suas composições.

Realmente acredito que nas futuras compilações sobre os anos 1990 eles despontarão como uma das bandas de grande importância no cenário pop brasileiro, ao lado de Skank, muito provavelmente. Isso também prova que o reggae também teve seu momento na “moda” da mídia. Uma década que inicia com uma aposta no som alternativo vindo de Seattle, passa pelo sertanejo, em especiais como “Amigos”, passa pelos pagodeiros, pelos brincalhões, como Mamonas e Raimundos, e pelo reggae, se mostrando como uma década bastante diversificada e plural. Mais até dos que os “atuais anos 1980”, acho que nos 1990 as divisões pareciam ser menores e a música fala mais por si mesma. O que não consigo é enxergar os anos 2000. Parece um nada ainda. Não consigo separar uma banda nova surgida nos últimos sete anos, comparável a um Skank ou Cidade Negra, quem dirá um Titãs ou Paralamas. E a culpa é da mídia... Claro. Vou apelar então a ela: seriam então os representantes dos anos 2000 os filhos? Sandy & Jr. (que começaram nos anos 1990), Vanessa Camargo, Luiza Possi? Francamente ainda estou procurando respostas a altura de uma questão que nada mais é do a “verdadeira verdade”.

Comentários

Postagens mais visitadas