abril 17, 2009

O Aprendiz: o líder que não lidera

O demitido desta última quinta-feira, 16, foi o líder da prova. Segundo a opinião de Roberto Justus, foi o líder que não liderou. Os três que foram parar na sala de reunião mereciam estar lá. Ou melhor, mereciam estar fora do programa. Não vou citar nenhum nome, pois ainda não consigo identificá-los e, mais, não vou ficar “xeretando” no site para saber o que pensam. De que adianta saber, se o que apresentam é completamente diferente? O que vale é o fato de como foi executada a tarefa. Era simples, com conteúdo bastante fácil de entender: fazer uma matéria jornalística sobre os 15 anos do programa fidelidade da TAM. Um grupo fez o que tinha que ser feito e ganharam uma viagem para Roma. Como disse, o melhor do programa O Aprendiz são as viagens de prêmio. Na última prova foi uma viagem para Aruba, no México. Assim a vida fica muito melhor...

Voltando ao líder que não lidera, o rapaz ainda pouco experiente, o que não é nenhum demérito, não conseguiu gerir as habilidades de todos e partiu para uma ação com pouco planejamento. O problema é que o grupo não sabia o que fazer e isso impediu um maior destaque para qualquer um do grupo. A opinião de Walter Longo foi a de um líder que pecou por ação e por omissão. Foi bem dura. Eu teria pensado como Cláudio Forner, porém, é compreensível que Justus tenha escolhido pelo líder. Afinal, os outros dois eram acessórios nessa tarefa. Este grupo perdedor já mostra sinais de estar rachado. Vamos ver na terça-feira, se numa nova derrota o grupo vai rachar de vez...

Nenhum comentário: