junho 28, 2009

Brasil tricampeão da Copa das Confederações

Numa partida que poderiam ser duas, pois no primeiro tempo perdia por 2 x 0 e no segundo tempo se consagra campeão com 2 x 3, sendo dois gols de Luís Fabiano e um de Lúcio, terceiro título da Copa das Confederações. O ponto mais inacreditável é que Dunga, tetracampeão de 1994, se mantém no cargo com mais um título. Acompanhei por aqui a partida, postando quatro vezes sobre esta final de hoje (1, 2, 3 e 4). Estava preocupado com uma derrota tal qual a de 1999, em que o então técnico Emerson Leão perdeu seu cargo com a derrota na final para o México. Não foi um jogo fácil, mas ao passo do gol de Luís Fabiano, aos 39 segundos do segundo tempo, o Brasil retoma a confiança para a vitória. A participação de Robinho em todos os jogos que assisti foi abaixo do esperado. Por incrível que possa parecer, a seleção brasileira parece estar mal justamente por falta de ataques.

Bem, parece uma nova época mesmo no futebol. Uma época em que goleiros começam a ser estrelas, como Julio Cesar; os Estados Unidos chega a uma final de campeonato no futebol; Dunga, grande jogador e capitão da seleção de 1994, sem nenhuma experiência anterior como técnico já conseguiu mais títulos na seleção brasileira que Wanderlei Luxemburgo, um dos técnicos com mais títulos no futebol brasileiro (aqui)...

Nenhum comentário: