O triste fim...

Um dia de chuva. Trânsito ruim. O pior está por vir. Presencio dois acidentes em pouco mais de uma hora de caminhada do percurso de volta do trabalho. Nada disso me motiva a escrever que a cidade morreu. Muito pelo contrario, está mais viva que nunca. Agora, se vão caber os carros todos nas ruas é que é a dúvida. Nunca achei que a repressão fosse solução para alguma coisa, mas está na hora de uma atitude Jânio.

Uma história narrada pelo jornalista João Mellão Neto, conta como Jânio Quadros conseguiu melhorar o transito na cidade. Não sei, mas esse artigo (aqui) começa dando a dica do que fazer... Mas a parte realmente interessante, a que chamo de medida Jânio acima, é a que segue:

“(...) Lá pelo terceiro mês, Jânio decidiu lançar uma campanha de educação no trânsito.
Verba, nenhuma. Anunciou pelo Diário Oficial que daria o exemplo, indo pessoalmente às ruas aplicar multas. Manchetes em todos os jornais. Cumpriu a palavra. No dia seguinte estava armado o cortejo: o carro oficial, uma viatura de polícia, um caminhão-guincho e dezenas de veículos da imprensa. Multou, apreendeu habilitações e guinchou veículos até o último dia de seu mandato. O trânsito de São Paulo, como por milagre, melhorou...(...)”

Comentários

Postagens mais visitadas