julho 14, 2009

Esgotados...

Esgotados na editora estão os livros de Bruna Lombardi e de Dalton Trevisan. Pode parecer estranho juntar pessoas tão diferentes numa mesma postagem, mas o fato é que pelo menos Trevisan deverá ter em breve a reedição de seu livro mais famoso. O Vampiro de Curitiba, cujo início do livro o jornalista Daniel Piza colocou em seu blog, causando-me enorme curiosidade. Já havia escutado algo a respeito da literatura de Trevisan e na edição especial da revista Bravo! tratando de 100 títulos mais importantes da literatura brasileira, Trevisan reaparece com seu Vampiro... E este se encontra “esgotado na editora”. Talvez seja na livraria on line, mas acredito que em breve esteja disponível.

Agora a Bruna Lombardi escritora é algo praticamente underground. Acabo de ler um texto de Reinaldo Azevedo e ela aparece novamente. Agora como um fato histórico marcante. Conforme escreve: “Em 1991, fiz uma resenha de Estorvo, o primeiro romance de Thico. Quase ao mesmo tempo, Bruna Lombardi lançara Filmes Proibidos. Pediram-me uma resenha de ambos. Lembro que fiz uma piada mais ou menos assim: se é pelos belos olhos, o livro de Bruna é - e é mesmo! - muito melhor. Mas ela foi recebida com o ceticismo que se pode imaginar; ele, com o embevecimento costumeiro e a reverência injustificada da crítica. Estorvo é um livro chato e pretensioso. (...)” E olha que o texto tratava de Chico Buarque, recentemente astro da FLIP – Feira Literária Internacional de Paraty. Mas lembrar de Bruna Lombardi é sempre bom. Em dezembro escrevi aqui sobre meu breve encontro com a atriz. Que vontade de perguntar quando vou poder ler um de seus romances; aqueles que num universo paralelo são raridades e muito bem comentados...

Um comentário:

onzepalavras.com disse...

A Bruna, e seu inseperável companheiro, estavam domingo SESC Pompéia, naquela exposição da Sophie Calle (Cuide de você). Recomendo o passeio, que é free pra quem adora dizer que SP só é bom pra quem tem dinheiro.

E a Bruna é mesmo delirante.

Bjos